Compra de bilhetes para espetáculos

Bilhetes


Bilhetes à venda na Internet - Nem todos os sites são fiáveis - Perde-se o dinheiro e o espetáculo!


Hoje em dia usa-se cada vez mais a Internet para comprar bilhetes para vários eventos, sejam espetáculos de futebol ou concertos a realizar em Portugal ou no estrangeiro. Por ocasião de alguns destes eventos, em especial daqueles que despertam maior interesse entre os fãs, a Rede CEC recebe, por vezes, várias reclamações que têm origem em más práticas comerciais ou em fraudes na venda de bilhetes.

Várias vezes o CEC tem alertado para a atenção redobrada que todos devem ter quando pretendem adquirir bilhetes para espetáculos através da Internet. Usar a Internet para comprar os bilhetes é um meio prático e simples para quem não quiser dormir ao relento até ter na mão o bilhete pretendido, mas como em qualquer outra compra por este meio, é preciso estar prevenido contra possíveis práticas enganadoras e fraudulentas.

Com a chegada do Verão, começa a época dos festivais na Europa, incluindo Portugal. Há espetáculos para todos os gostos e Portugal, em particular, apresenta um cartaz muito apelativo com grandes festivais entre Junho e Outubro de Norte a Sul do país.



Além das recomendações para as Compras à Distância, e para que aproveite da melhor forma o espetáculo, o CEC Portugal dá-lhe algumas dicas:


Antes de comprar o bilhete, consulte o sítio oficial do evento.
Eventos de grande dimensão como os festivais e salas de espetáculos têm habitualmente um sítio oficial na Internet, onde encontrará toda a informação útil, nomeadamente sobre venda de bilhetes, política de cancelamento, regras de funcionamento do espaço e lista de vendedores oficiais.

Compre o seu bilhete nos sítios e agentes oficiais
Antes de comprar, pesquise na Internet para saber se há queixas sobre o sítio na Internet onde pretende comprar bilhetes. Prefira comprar através dos sítios oficiais do espetáculo.
Ainda que alguém nas redes sociais refira que um dado sítio lhe parece seguro, os consumidores não devem deixar de fazer as suas próprias pesquisas para se assegurarem da fiabilidade do sítio.
Não deve negociar com sítios eletrónicos que não forneçam informação clara sobre quem é o vendedor e como pode ser contactado, incluindo o respetivo endereço físico. Caso surja algum problema, ficará numa situação difícil se apenas tiver o endereço eletrónico do vendedor.
Tente verificar se o endereço físico indicado existe.

Verifique as datas e a política de cancelamento e guarde cópia
Leia sempre as condições aplicáveis à compra dos bilhetes. Verifique se precisa recolher o bilhete no local ou trocar o comprovativo da compra por um bilhete antes de entrar no recinto do espetáculo. Tenha presente as condições de cancelamento. Guarde uma cópia dos termos e condições e faça capturas da imagem do ecrã (printscreen) em cada passo do processo de compra.
Em Portugal, os bilhetes não são habitualmente reembolsáveis caso não possa comparecer. No entanto, alguns vendedores oferecem um seguro.

Use meios de pagamento seguros
Pague o seu bilhete com cartão de crédito ou cartão temporário associado ao seu cartão de débito ou crédito ou por transferência bancária. Nunca envie dinheiro, nem use um serviço de transferência de dinheiro. Assegure-se de que os sítios de pagamento são seguros. Por exemplo, verifique se o endereço de correio eletrónico começa com “https://”) e apresenta um cadeado. Consulte também a nossa informação sobre meios de pagamento.

Direito de retratação
O direito de livre resolução do contrato não se aplica aos serviços relacionados com atividades de lazer quando o contrato previr uma data ou um período de execução específico. Contudo, a informação sobre a não existência deste direito tem de lhe ser fornecida antes de ficar vinculado pelo contrato.

Caso pretenda efetuar a revenda dos bilhetes
Seja muito prudente com a revenda de bilhetes na Internet ou perto do local do festival, principalmente se o espetáculo estiver esgotado. Se os bilhetes não forem verdadeiros ou se forem inválidos, não poderá ser reembolsado.
Em Portugal, a revenda de bilhetes para espetáculos por um preço superior ao preço de venda definido pelo promotor do evento constitui um crime de especulação económica (art. 35.º do Decreto-Lei 28/84 de 21 de Abril, última alteração pelo Decreto-Lei n.º 20/2008 de 21 de abril), podendo ser punido com prisão de 6 meses a 3 anos e multa não inferior a 100 dias. Assim, apenas pode revender o seu bilhete pelo preço definido pelo promotor. Cuidado com os esquemas fraudulentos!

Ainda não recebeu os bilhetes?
Verifique se os bilhetes entraram na caixa de spam da sua caixa de correio eletrónico.
Em caso de fraude, para mais na Internet, onde os sítios fraudulentos podem desaparecer de um momento para o outro, a resolução do problema torna-se difícil e muitas vezes impossível. Resta a denúncia às autoridades policiais e de controlo do mercado.

Os pacotes que incluem bilhetes, alojamento e viagens
Os promotores dos festivais costumam apresentar alternativas que reúnem os vários serviços. Podem apenas atuar como intermediários, com preços especiais para o consumidor que vai comprar com o bilhete a reserva do alojamento (sendo possível escolher entre várias opções: hotel, hostel, campismo, apartamentos) ou podem vender através de outra empresa pacotes dinâmicos que incluem bilhete + viagem + alojamento.
Se comprar um pacote dinâmico, verifique os termos e condições da venda e guarde cópia.
Alguns festivais ficam em locais fora das grandes cidades, com uma oferta mais escassa de alojamento. O alojamento no parque de campismo do recinto é muitas vezes a opção mais recomendada e até faz parte da experiência do festival. Verifique as regras de funcionamento do parque de campismo para evitar más surpresas. O alojamento nesses locais fica rapidamente esgotado, pelo que recomendamos que reserve com antecedência.

Transporte
Os festivais propõem muitas vezes bilhetes combinados incluídos no bilhete do espetáculo para um ou todos os dias do festival. Os promotores oferecem, em colaboração com as transportadoras nacionais ou locais, transportes públicos alternativos ao carro, em horários adaptados ao horário de funcionamento do recinto: transportes urbanos fora de horas, com itinerários específicos e outros meios de transporte para distâncias mais longas. O consumidor poderá muitas vezes encontrar a informação sobre transportes no portal oficial do evento.


Veja ainda:
Compras à Distância
Viajar na Europa
Dicas de Viagem


Tem dúvidas sobre este assunto? Encontrou algum problema com a compra dos seus bilhetes? Contacte o Centro Europeu do Consumidor.


 

 
Partilhar Partilhar
 
Voltar