Tamanho da letra:
Siga-nos:
  • Twitter
  • Facebook
  • RSS
NOTÍCIAS
Página inicial > NOTÍCIAS

Apelo aos Influenciadores - Ajudem-nos a Proteger os Jovens Consumidores

Apelo aos Influenciadores - Ajudem-nos a Proteger os Jovens Consumidores 

Apelo aos Influenciadores - Ajudem-nos a Proteger os Jovens Consumidores

Dia da Internet Mais Segura 2024

 


À medida que as compras online e a publicidade nas redes sociais se tornam cada vez mais populares, os jovens consumidores são bombardeados com mensagens que os incentivam a comprar coisas. Mas nem todas estas mensagens são transparentes ou verdadeiras. Alguns anúncios ficam ocultos, produtos são erradamente apresentados e os negócios podem ser desleais. Isto deixa os jovens inseguros sobre o que realmente acontece quando fazem compras online. É por isso que a Rede CEC pede aos influenciadores de toda a Europa que ajudem a proteger os jovens consumidores hoje, no Dia da Internet Mais Segura.

Regulamentos europeus
Os influenciadores que frequentemente promovem ou vendem produtos ou serviços são considerados vendedores ao abrigo da legislação europeia. Consequentemente, eles têm de seguir uma série de regras. Mas nem todos os influenciadores estão cientes destas regras. É por isso que a Rede CEC acredita que é crucial (in)formar os influenciadores sobre estes regulamentos. Ao compreender as regras, os influenciadores podem garantir o cumprimento, aumentando, em última análise, a proteção dos jovens consumidores.

10 melhores/boas (opção) práticas para influenciadores

A Rede CEC compilou 10 melhores/boas práticas para sensibilizar os influenciadores para a proteção dos jovens consumidores. Ao aderir a estes padrões, os influenciadores poderão cumprir as normas legais e éticas, enquanto promovem um espaço online mais seguro e transparente para os respetivos seguidores. Que possamos começar a implementar estas práticas cruciais hoje e desempenhar o nosso papel na construção de uma comunidade de influenciadores mais responsável e consciente do consumidor.

1. Fica a saber, através do Influencer Legal Hub, as regras para anunciantes e vendedores
O Influencer Legal Hub ajuda os influenciadores a entender as regras para anunciantes e vendedores. É uma ferramenta da Comissão Europeia para orientar-te no cumprimento das normas de proteção do consumidor. Nele encontrarás casos reais e práticas recomendadas para proteger a tua reputação e ajudar-te a evitar coimas por teres recorrido a práticas comerciais desleais.

2. Sê transparente sobre o teu relacionamento com as marcas
Deves divulgar claramente quaisquer patrocínios, parcerias ou produtos gratuitos que recebas. Esta transparência ajuda os jovens consumidores a compreender o contexto da tua recomendação e a tomar decisões com base em informações imparciais. Deves assinalar todos os posts publicitários de forma adequada e destacada (usa #pub).

3. Faz parcerias apenas com marcas confiáveis
Faz parcerias apenas com marcas confiáveis e experimenta tu mesmo os produtos antes de os aprovares. Desta forma, os seguidores podem confiar nas tuas recomendações e fazer escolhas mais informadas e confiáveis ao comprar itens online.

4. Certifica-te de verificar as informações
Verifica as informações dos produtos que promoves ou vendes online. Pormenores enganosos ou imprecisos podem lesar os consumidores e prejudicar a tua credibilidade. Certifica-te de que as tuas fontes são credíveis e as informações que forneces são precisas e estão atualizadas.

5. Evita alegações de saúde ilegais
Evita fazer alegações de saúde ilegais ao promover produtos. Alegações enganosas sobre benefícios para a saúde não apenas violam as regras, mas também minam a confiança do consumidor. Evita exagerar ou inventar alegações de saúde e limita-te a divulgar informações factuais. Ao cumprires os regulamentos irás manter a confiança do teu público, especialmente os consumidores jovens.

6. Certifica-te de que os produtos que estás a vender ou promover são seguros
Usa o Safety Gate, um site da Comissão onde poderás saber que produtos foram retirados do mercado, para verificar se os produtos que vendes estão lá ou não. Se um produto tiver sido/for recolhido do mercado, não o vendas ou promovas, pois pode ser arriscado para a segurança e a saúde dos consumidores.

7. Enfatiza a importância da cibersegurança
Chama a atenção dos teus seguidores quanto a métodos de pagamento seguros, a importância de usar sites confiáveis e a importância de proteger informações pessoais. Isso ajuda a criar um ambiente de compras online mais seguro para os consumidores.

8. Se estiveres a vender alguma coisa, partilha as tuas informações de contacto
Embora a privacidade seja importante, é necessário seguir a legislação europeia. A lei de proteção ao consumidor estabelece a necessidade de que certas informações, como o teu endereço, sejam partilhadas. Mantém-te dentro da Lei!

9. Destaca os direitos e proteções do consumidor
Inclui informações sobre garantias, políticas de devolução e suporte ao cliente ao promoveres ou venderes produtos. Isso permite que os consumidores façam compras com confiança, sabendo que, e a quem, poderão recorrer, caso o produto não vá ao encontro das expectativas deles.

10. Dá prioridade à autenticidade e à honestidade
Dá prioridade à autenticidade e à honestidade nos conteúdos que publicas. Recomendações genuínas e comunicação transparente geram confiança com o teu público, promovendo relacionamentos de longo prazo e a tua credibilidade como influenciador. Isso também garante que os jovens consumidores podem tomar decisões informadas com base nas tuas recomendações confiáveis.

Campanha nas redes sociais: fortalecer a segurança do consumidor

A Rede CEC lançou também uma campanha nas redes sociais para sensibilizar e unir influenciadores para esta causa. Através de conteúdos cativantes e informativos, a campanha pretende enfatizar a importância de proteger os jovens consumidores no mercado digital e como os influenciadores podem fazer a diferença. Ao utilizar o amplo alcance e impacto das plataformas de redes sociais, a Rede CEC pretende iniciar debates e motivar os influenciadores a defender práticas de consumo justas e transparentes.

Documento de posição da Rede CEC
A Rede CEC publica regularmente artigos de posição e de investigação sobre uma variedade de tópicos. No nosso documento de posição Digital Fairness Fitness Check, poderá conhecer mais a fundo os pontos de vista e recomendações da rede sobre as práticas dos influenciadores. Explore mais sobre as observações e recomendações descritas neste relatório abrangente.